Simplicidade, praticidade, leveza. Produtos para a vida real.

Produtos para a vida real.

Compre aqui!

Cleansing oil: Conheça o demaquilante a base de óleo

26/05/22

Limpar o rosto com um óleo? Parece estranho. Mas nas aulas de química aprendemos que semelhante remove semelhante. E o que poderia ser melhor do que um produto a base de óleo para remover toda a maquiagem, oleosidade e impurezas da pele? É para isso que existem os cleansing oils. 

Este tipo de produto surgiu na Ásia, e existem registros do século 14 que mencionam uma rotina de skincare utilizando um óleo seguido de um sabonete facial para remover a tinta branca que as mulheres usavam no rosto. Claro que não existiam tecnologias voltadas para os cosméticos naquela época, mas por volta da década de 1960, o maquiador Shu Uemura criou o primeiro cleansing oil como conhecemos hoje, lá no Japão.

O termo viralizou recentemente depois que a farmacêutica Marina Cristofani fez um vídeo no TikTok contando sobre os benefícios deste tipo de produto.

Mas o que é isso, e melhor, como ele funciona? 

O cleansing oil nada mais é que um produto a base de óleos e emulsificantes (espécie de detergentes de limpeza) que removem todo o sebo do rosto, e quando em contato com a água se transforma em um leite aquoso, que não deixa qualquer resíduo ou vestígio de sujeira na pele. Ele é um dos segredos das asiáticas para ter uma pele bem lisinha, porque também ajuda a remover cravinhos, células mortas e desentupir os poros de uma vez só, e sem muito esforço.

Os demaquilantes em óleo são uma mão na roda para uma rotina corrida, além de dispensar o uso de algodão. Além da versão em óleo “líquido” existem os cleansing balms, que são durinhos, uma espécie de pasta amanteigada que em contato com a pele se transforma em óleo. A professora de cosmetologia Vania Rozan explica que, ao longo dos anos, a pele vai ganhando microlesões quando existe muita fricção, como na remoção da maquiagem, por exemplo. E com uma fórmula mais delicada como essa, a tendência é que a pele fique mais feliz e saudável. 

Para usar um cleansing oil, é importante que sua mão e seu rosto estejam totalmente secos. Aplique uma boa quantidade e faça uma massagem por cerca de 5 minutos até sentir que tudo foi “derretido”. Esse passo é muito importante para que o filme deixado pela maquiagem e pelos outros produtos que estavam na pele seja diluído.

Partindo para a remoção, prefira sempre uma água morna e vá aplicando aos poucos – você vai ver que o óleo vai se tornando mais leitoso, depois líquido, até enxaguar por completo. Se depois disso tudo você ainda sentir a sua pele oleosa, tente caprichar na massagem e no passo com água, fazendo por mais tempo. Há quem goste também de utilizar um sabonete logo em seguida, para ajudar na remoção, processo chamado de double cleansing, ou dupla limpeza. 

Os demaquilantes em óleo são uma mão na roda para uma rotina corrida, além de dispensar o uso de algodão.

O mais legal é que os cleansing oils podem ser usados todos os dias, mesmo quando não estiver usando a maquiagem, já que também são ótimos para remover poluição e protetor solar. Eles também são uma ótima pedida para retirar maquiagens artísticas e cola de cílios postiços – seu poder para isso é impressionante!

Existem várias opções de cleansing oils aqui no Brasil, inclusive algumas marcas brasileiras já investiram no desenvolvimento deste produto, tamanho o sucesso que eles têm feito por aqui. Agora que você já conhece como funciona um limpador à base de óleo, aqui vão nossas recomendações:

 

Óleo demaquilante MakeUp Remover
Bioré
Aqui
Gokujyun Oil
Cleasing
Hada Labo
Aqui
Cleansing
Balm
Océane
Aqui
Bálsamo
Demaquilante
Sallve
Aqui
Clean it Zero Cleansing Balm
Banila Co
Aqui
Take The Day Off Cleansing Balm
Clinique
Aqui
Slaai Makeup Melting Butter Cleanser
Drunk Elephant
Aqui
Cleansing Butter Camomile
The Body Shop
Aqui
Óleo de limpeza com esqualano
Biossance
Aqui

{Fotos: Divulgação Biossance e Banila Co}

Comentários

(Veja Todos os Comentarios)

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Categorias:
Tags: