I’m in love

Já contei aqui que a matéria de beleza da RG de setembro será sobre esmaltes vibrantes – com foco no amarelo!! – e ficar imersa nessa matéria (sim porque tem que pensar, aí produz os esmaltes, seleciona, fotografa, escreve, vê pronto…) me deixou meio obsessiva pelos tais esmaltes. No último verão estava amando o pink (comentei aqui!) e cheguei a testar o laranja laranja (o Laranja Siena da Risqué). Aí veio o inverno e o Blue Satin da Chanel, foi amor à primeira vista e – um bom tempo depois – à primeira passada. Mas agora o frio se foi (chuif), e já passou um certo tempo, aquele suficiente pra gente querer mudar, e eu só penso nos vibrantes.

Hoje fui fazer as unhas e estou alucinada pelo esmalte que usei, o 356 da Alessandro, à venda na Artisalus (r. Iguatemi 347, SP, mais infos aqui). É um coral lindo lindo lindo, eu to aqui digitando e meu olho fica desviando pra unha haha. E até hoje eu tava com o Mod Squad, da Essie, que comprei em NY (não vende no Brasil), é um rosa que deve ter um lilás envolvido, muito bacana. E vou continuar a saga, por pura diversão. Porque nós que amamos beauté sabemos que rosa, vermelho e etc são nomes prá lá de genéricos pra quantidade de tons que existem por aí. Né?

A boa notícia é que resolvi meu problema fotográfico e já tenho imagem da minha mãozinha hoje:

Cor 356, Alessandro

Do Mod Squad não tenho mas hoje quando chegar em casa vou fazer uma foto da minha coleção de esmalte pra mostrar pra vocês! UPDATE promessa cumprida, aqui está o post com minha coleção!

Obs. Entrem no site da Essie e vejam a quantidade absurda de cores que eles têm. É impressionante e mostra que a) realmente rosa não é tudo igual, nem bege, nem vermelho e b) o Brasil ainda tem um longo caminho pela frente!