Make Up For Ever no Brasil

09/03/12

Como vocês já leram por aqui, a Make Up For Ever é uma das marcas que desembarcam no Brasil com a abertura da Sephora. Viva! Mas a boa notícia, para as mais ansiosas, é que ela chega antes mesmo da Sephora física abrir!!

É isso aí, no fim de abril, cerca de um mês antes da inauguração da Sephora no shopping JK, os produtos da MUFE (apelido do tipo fã) chegam virtualmente no site da Sacks’s/Sephora. E não são alguns produtos… são cerca de 600! Choque. Vai dar para ir matando a vontade hein?

Quanto ao preço, que sei que é preocupação/reclamação de várias pessoas, não tem ainda – a única coisa que sei é que a faixa de preço vai ser mais alta que MAC, assim como é nos EUA. Pelo menos vai poder parcelar em 12x no site, isso não dá pra fazer em viagem hehehe #copomeiocheio.

Na viagem de Nova York, visitei a loja-studio da MUFE (que fica perto da Union Square, mais infos aqui), conheci a história da marca e alguns produtos mais a fundo, aprendi alguns truques e devo dizer… saí de lá com uma vontade louca de “brincar” de maquiar, fazer alquimias, testar novas coisas. Tem coisa mais divertida?

Aliás,estou com meu amor por make ainda mais reafirmado depois dessa viagem e decidi fazer uma “promessa”: nada de preguiça ou pressa de manhã, a partir de segunda só vou sair de casa usando PELO MENOS 6 produtos! Vou contando o status dessa experiência por aqui!

Comentários

(Veja Todos os Comentarios)

30 respostas em “Make Up For Ever no Brasil”

Aiii, o teu blog está me deixando cada vez mais viciada em maquiagem! hehe Antes tinha até preguiça de passar tudo direitinho para ir trabalhar, mas agora já ajeitei minhas maquiagens de um jeito mais prático para eu não ter desculpa!! heheh Beijoss

Na ultima viagem comprei a base e o corretivo 3D da MUFE ( eh bem fácil assim!) e posso dizer que estou amando…

Não querendo ser chata, mas já sendo, nem me empolgo com as marcas que a Sacks esta trazendo para o Brasil por conta do preço absurdo, quase abusivo. Prefiro comprar com a Roana Hernandez…

Pra mim se o preço ficar entre Mac e Benefit já tá bom. O parcelamento ajuda e vale a pena especialmente pra produtos que duram bastante como base, corretivo, blush e batom. Agora, se os preços ficarem no nível de Lâncome pra cima, dae complica hahaha… vira algo só pros produtos desejo mesmo xD

Não vejo vantagem na vinda dessas marcas pra cá.
A maior parte das minhas coisitas é dos EUA, ainda que as marcas vendam Brasil pq eu me recuso a pagar o preço ridiculamente abusivo que é cobrado aqui. O preço abusivo das marcas importadas e das marcas nacionais!

E esse papo de imposto não cola. O imposto encarece, mas não justifica o aumento exorbitante de preço.

Não compro, vou continuar não comprando e sentindo aquele nervoso de fazer lista pra comprar de vez em quando.

Não compro! Não compro! Não compro!
Me recuso a fazer papel de otária e pagar 200, 300% a mais do que o negócio vale.

n me empolgo nada com isso.Além dos impostos brasileiros q já são muitos, todo mundo quer reposicionar a marca no Brasil. Aí…como as fulanas continuam comprando, nada mudará. Não vai mudar minha vida em nada.

suzanna disse tudo! acho incrível as marcas estarem “descobrindo” o brasil, mas com esses preços, desculpa mas não rola!

Continuo comprando na gringa, sou viciada em make mas não sou otária. Parcelar maquiagem é meio deprê, mas cada um com seu cada um. Desculpa de impostos também acho meio furada… aguardando cenas do próximo capítulo.

Pelamorde,a vinda dessas marcas pra cá é maravilhosa. Só alguém com uma mentalidade muito pequena pode pensar o contrário. Primeiro que a chegada de produtos com qualidade bem superior estimula as marcas nacionais a melhorarem as suas e segundo que quem sabe com o todo seu peso, essas marcas (e a Sephora) não consigam fazer um bom lobby pra baixar os impostos aplicados a cosméticos? E outra, quem acha que imposto é “desculpa” não tem noção do tamanho do problema… eu trabalho com importação e vejo diariamente o absurdo que é, vários impostos, todos aplicados em efeito cascata (google se vc não sabe o que é isso) e não, não é exagero dizer que o impostos podem chegar até a 100% do valor do produto.
Se voce nao quer comprar os produtos aqui, a escolha é sua, mas dizer que a vinda das marcas é inutil é ridiculo.

Que incrivel Vic. Entendo o que vc esta sentindo,tambem acabei de voltar de uma “viagem voltada para maquiagem” obvio que nao tao incrivel quanto a sua,rs mas tambem estou cada dia mais apaixonada por make! Acho q ate a minha pele esta mais bonita. Conte mais novidades…. Faz videos com essas makes, sou sua suuuuper fan!!!!

Ai, mais caro que a MAC… Não vou nem olhar pra não correr o risco de gostar de nada então… Hihihi!
Beijinhos!

Vic,
Fale mais dos produtos da MUFE, pleaaaase!
Outra coisa: alguém sabe onde posso encontrar para venda online os cílios postiços da MUFE?
Bisous

Mas para esse desafio dos 6 produtos não conta base, corretivo nem pó, né? Senão fica muito fácil! kkkk Já adotei: hoje foi batom, rímel, iluminador, lápis bege, blush e DUAS sombras!!
Adoro seu blog!!

Vic, vc poderia fazer um post sobre suas bases? Tipo cores e texturas? Pq vc é branquinha como eu e eu tenho uam super dificuldade para encontrar bases que sejam exatamente no meu tom =/

Oba, vamos adorar acompanhar essa saga-dos-seis-produtos! Conta quais são eles pra nós e faz um vídeo com o passo-a-passo (pq a gente AMA o TV Beauté!). Bjos Vic.

Tava lendo os coments do post e, geeeeeeeeeente, a única coisa que eu vejo afetar no mercado de cosmético nacional, com essa ‘invasão’ dos super- cosméticos estrangeiros, é o super-aumento de preço dos produtos internos e cópias bem ‘furadas’ dos produtos internacionais… Alguém aí já viu o novo (horroroso) iluminador em creme do Boticário? Alguém pode me explicar o que é aquilo??? Infelizmente, o preço do cosmético nacional cresce inversamente proporcional à qualidade do mesmo. E o primer da Contém 1g? Por favor BRASIL, vamos aumentar a competitividade com melhores produtos, não com preços salgados, como os dos produtos importados.

Ahhh eu uso BEM mais de 6 produtos. Eu não tenho tempo de fazer ANTES de sair de casa, então o que eu faço é deixar uma necessaire no porta luvas com as coisas que eu vou usar durante a semana. Ai vou me maquiando no caminho, e qdo chego no estacionamento só termino algum detalhe…
Eu to achando essa forma mto boa. Pq domingo eu preparo a necessaire pra semana. Ai escolho uma primer/ sombra/ blush/ iluminador/ lapis diferente. Os unicos que repito acaba sendo o corretivo e a base-po pq não mudo esses.
É bom, pq vc acaba usando varias coisas que vc nem lembra que tem!

Que notícia maravilhosa, Vic. Aqui no Brasil ainda faltam muitas lojas boas, mas elas estão chegando aos poucos. Agora o que falta mesmo é o preço ser mais acessível.

Acho sempre bom quando novas marcas chegam no Brasil. Quanto a comprar aqui ou fora vai da possibilidade de cada um.
As novas marcas que chegam impulsionam nossa indústria a se renovar o tempo todo e quem ganha com isso somos nós! E isso não quer dizer que serão mais caros, é só pararmos para comparar os preços da Maybelline X Contém 1g, por exemplo.

Louca pra ler sobre a experiência do “pelo menos 6 produtos”!!!!! Eu tb saio correndo pro trabalho e uso no máximo 3, isso qdo não os uso no carro enquanto aguardo o sinal abrir…rsrsrsrs Quero me inspirar Vic!!!Conta tudo pleaaaase!
Bjao

Não vejo a hora da MUFE e Nars chegarem no Brasil! Amoooo!
Vic, queremos notícias sobre o desafio dos 6 produtos!!

Beijos!

Estou achado ótimo a Makeup Forever chegar no Brasil…pra eu poder testar na pele a cor ideal da base HD e mandar vir dos USA.
#SouRevoltadaComOsPreçosNoBrasil

Melhor corretivo não existe! Batons de cores fortes incríveeeis também! Mehor notícia do meu dia! :]

É claro que é ótimo as marcas estrangeiras chegarem em profusão por aqui. Ok, é mto mais caro e sabemos os motivos. Mas, às vezes eu quero um produto ou outro e não rola de esperar viajar ou pedir alguém p/ trazer ou enviar. O melhor, no entanto, é que a oferta delas por aqui pressiona a indústria nacional. Vejam só como marca como O Boticário e Contém 1G incrementaram e inovaram seus produtos. Concorrência. Até então, a variedade era pequena e a qualidade deixava mto a desejar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categorias:
Tags: