Algodões frescos: e aí?

Quando fiz aquele post contando do algodão da Chanel (clique aqui para ler) fiquei mega curiosa pra testar, e ao mesmo tempo que acreditei nas “promessas” fiquei um pouco desconfiada. Acho que o resto das pessoas um pouco menos obcecadas por cosméticos como eu ficaram 10x mais desconfiadas. Mas aí, como contei, comprei em NY o da Chanel, o da Clé de Peau (outro exemplar do algodão rico) e um de farmácia pra comparar. E aqui vão minhas impressões…

Sim, uma caixa bonita conta pontos a favor!! O da CVS não tem caixa bonita e é o que vem menos – 50, sendo que Chanel vem 100 e Clé de Peau vem 120. Mas os ricos custam em média US$ 20 e o da CVS custou uns US$ 5.

Comparando tamanhos: o da CVS é jumbo, o da Chanel é um pouco maior que o da Clé de Peau. Olha os monograminhas, que AMOR! Os três são maiores que qualquer algodão que eu já tinha visto aqui (costumo usar aqueles discos de algodão, da Johnsons ou da Topz).

Na minha mão dá pra ver que eles são bem grandes. Eu acho isso uma baita vantagem, porque você consegue limpar o rosto todo, tirar a maquiagem da pele, do olho, da boca, sem precisar gastar 3 algodões. Nisso o CVS ganha mais pontos.

Aí eu trouxe uma caixa do algodão Chanel pra distribuir entre as meninas da redação, assim todo mundo testava e eu não era a única fresca a falar que vale a pena. Comentários: “Uau esse algodão é tão grande que dá praticamente para se secar depois do banho ” (maravilhoso), “Meeeu não é que faz diferença mesmo? Ele é muito macio e suave!” e “Parece que o produto rende mais quando uso com esse algodão”.

Isso resume as 3 vantagens que mais valorizei nessa frescura (que, pensando bem, não é tão frescura assim) e tem também o fato de eles não despedaçarem ou deixarem vestígios pelo rosto. Sério mesmo, usar um algodão macio faz toda a diferença, ainda mais para quem tem pele sensível, e o fator “absorção” é bem crucial. Sabe quando você joga o tônico no algodão e na hora de passar no rosto parece que ele sumiu? Com os ricos acontece o contrário! Você acaba colocando menos produto no algodão de tanto que ele otimiza o líquido. Achei uma maravilha.

Na comparação entre os três, o CVS ganha no tamanho, mas Chanel e Clé de Peau ganham nos outros aspectos. Aí é uma questão de custo benefício, porque claro que nem todo mundo quer gastar 20 dólares em algodões.

Chanel e Clé de Peau comprei na Bergdorf Goodman, CVS comprei na… CVS! Além desses dois ricos tem também o da Shiseido, é que achei que seria um pouco demais voltar com 5 caixas de algodão na mala então não comprei! Alguém já usou?

Resumindo: se vale ou não a pena depende de você, mas é bom saber que a versão farmácia não deixa a desejar. Pra mim foi um caminho sem volta e vou ter que fazer estoques de algodão pra nunca ficar sem… E fica a dica pras marcas de algodão que temos no Brasil, vamos dar um up na oferta? Ou pelo menos no tamanho!

UPDATE

Com bem poucos comentários nesse post já deu pra perceber que ele vai ser polêmico, então queria esclarecer que não estou falando que todo mundo precisa gastar US$ 20 numa caixa de algodão, é só ler com atenção, quero apenas apresentar minhas opiniões sobre o produto. Agora, eu penso assim, se existe um algodão da Chanel no mundo, faz parte do meu trabalho comprar e experimentar e contar pra vocês. Contar pra vocês significa fazer um post. De nada adianta eu comprar e não contar! Não é mesmo? Então vou logo pedindo desculpas se ofendi alguém, mas não vou deixar de falar de frescuras aqui, a ideia é que cada uma decida o que vale a pena para si!!!

E quando digo que foi um caminho sem volta estou falando também do algodão jumbo da CVS tá, não disse que a partir de agora só algodão Chanel entra no meu banheiro.