Tv Beauté: 10 perfumes que estou amando

De todos os produtos que eu gosto de colecionar (sou dessas!), perfume provavelmente é a categoria mais emocional de todas. Porque perfume é história, é sensorial, é uma obra de arte – eu sou muito admiradora dos “narizes”, como são chamadas as pessoas que criam perfumes. Fazia tempo que não tinha vídeo sobre o assunto, e muita gente pediu um sobre minha coleção, mas achei que ficaria longo demais – então, para retomar o tópico por aqui, falei sobre 10 perfumes que estou amando no momento.

Acho que o mundo se divide em dois tipos de pessoas: as que usam sempre o mesmo perfume e as que variam de acordo com o humor, com o evento, a estação do ano… Eu sou mais do tipo fiel, sempre usei por longos períodos de tempo o mesmo perfume, mas ultimamente tenho gostado de experimentar um pouco mais – acho legal ter fragrâncias específicas para marcar certas ocasiões. Então digamos que eu estou no meio termo!

E além dos que estou variando, mostrei também algumas novidades que são ótimas dicas para quem está em busca de um novo aroma (vale ressaltar que não tem publi nesse vídeo). Vamos a eles:

. Bergamote 22 – Le Labo (aqui)
Esse é o meu perfume oficial! Eu nem morava em Londres ainda quando comecei, então já faz uns sete anos que ele é “meu cheiro”. Não sei explicar porque, é aquele caso de total match.

. Dear Polly – Vilhelm Parfumerie (aqui)
Conheci essa marca e esse perfume bem na época que lancei meu livro, há 4 anos, e decidi usar ele durante todo o tour de lançamento para guardar esse cheiro como algo especial. Acabou virando meu perfume oficial de evento com leitoras! Sempre traz tantas memórias boas.

. Portrait of a Lady – Frederic Malle (aqui)
Um dos pioneiros da perfumaria nicho, Frederic Malle é um editor de perfume que convida “narizes” renomados para criar fragrâncias para sua marca, com total liberdade criativa. Escolhi esse feito pelo super Dominique Ropion porque estava interessada em ter algo um pouco mais festa, mais uau – é ele que sempre uso quando tenho tempo de passar em casa antes de eventos noturnos.

. Les Eaux Paris-Venise – Chanel (aqui)
Faz parte da linha de colônias da Chanel, a Les Eaux, que foi lançada naquela viagem linda e cheia de história que fiz para Deauville (tem vlog aqui). Esse foi meu favorito, uso em algumas ocasiões leves e sempre traz memórias maravilhosas.

. La Victoire de Samothrace – Buly x Louvre (aqui)
Essa novidade é uma colaboração (nada) básica entre a histórica marca Officine Universelle Buly, de 1803, com o Museu do Louvre. Eles convidaram 8 perfumistas para se inspirar em qualquer obra do museu inteiro e criar uma fragrância inspirada nela. A Victoire de Samothrace é aquela estátua lindíssima com asas que fica bem no topo da escadaria gigante do museu, e o perfume tem um mix de flores brancas (que amo) com um toque fresco meio aquático. É uma edição limitada, único problema! Aqui tem um post onde conto mais sobre a Buly.

. Perfume sólido – Jo Malone London (aqui)
Esse eu escolhi mais pelo formato, já que os cheiros podem variar. Como a Jo Malone London tem essa filosofia de misturar fragrâncias, ele vem com duas pastilhas para você fazer a combinação na pele com praticidade. É uma ótima opção para levar na bolsa e dar aquela retocada ao longo do dia! Uma das minhas combinações favoritas é Lime Basil & Mandarin (aqui) com English Pear & Freesia (aqui) – não só para o sólido, mas no perfume normal também!

E agora 3 perfumes lançamentos que amei e tenho indicado quando me pedem sugestões:

. Un Jardin Sur la Lagune – Hermès (aqui)
Essa série de perfumes “Un Jardin…” é muito linda! Esse tem uma coisa aquática, mas também meio floral, o que faz ele ser leve, porém com personalidade. Acho que ele fica muito bem em homens também!

. L’Interdit Eau de Toilette – Givenchy (aqui)
Foi o perfume que o Hubert de Givenchy criou para a sua musa Audrey Hepburn e a marca o relançou ano passado. Se você gosta de um perfume feminino, mas que tenha um lado um pouco obscuro, o L’Interdit é uma excelente opção – e agora ele foi lançado em versão Eau de Toilette, um pouco mais aerado.

. Idôle – Lancôme (aqui)
Confesso que quando vi esse frasco ultra fino fiquei louca, bem fascinada, é muito diferente de tudo que já vi de perfume. E é o primeiro perfume novo que a Lancôme lança em um milhão de anos, estava super curiosa. O aroma me surpreendeu – esperava algo mais floral clássico, mas ele começou cítrico, depois veio meio floral, e aí deu um toque empoado… Bem bom e nada óbvio, vale experimentar!

Comentem aqui o que vocês querem ver nos próximos vídeos de perfumes, porque tenho uma longa coleção e muita coisa para mostrar!