Cachos, ativar (e a graça de poder mudar o cabelo quando dá vontade!)

15/03/18

O movimento de libertação dos cabelos crespos e cacheados da ditadura da escova parece estar exercendo influência positiva também em quem tem o cabelo naturalmente liso. A estética supercacheada bombou nos tapetes vermelhos nas últimas semanas — Jennifer Lawrence apostou no visual para o Oscar e Emma Stone, Amanda Seyfried e Blake Lively também apareceram usando os fios com cachos bem marcados, numa pegada meio anos 80 / 90. A Blake me lembrou muito a Carrie Bradshaw no começo de Sex and the City!

Tendências e décadas à parte, o que achei mais legal dessa sequência de garotas “lisas” usados os fios bem cacheados foi reforçar uma mensagem que é muito poderosa: cabelo é uma incrível ferramenta que temos à nossa disposição para mudar, manipular, brincar. Claro que, acima de tudo, o importante é gostarmos do nosso cabelo como ele é, mas não é divertidíssimo poder incorporar vários visuais e “personas” quando dá na telha?

Aliás, li uma matéria bem interessante na Vogue UK de abril sobre o boom das perucas como opção para quem quer mudar radicalmente, sem precisar danificar ou mexer de forma permanente nos fios — vou ver se encontro no site para linkar aqui. Vale lembrar também dos apliques, ótima solução para ter por exemplo franja por uma noite, ou fazer um coque bem cheio se seu cabelo é curto (eu usava muito o meu e abandonei sei lá porque, já vou reviver!). Fiquei lembrando de uma matéria que fiz há séculos atrás para o site Chic numa loja de perucas, depois de um SPFW onde vários desfiles tinham lançado mão desse artifício… Acho que foi das matérias mais divertidas que já fiz!

Para mim, nada é mais sinônimo de liberdade e autoaceitação do que experimentar visuais diferentes estando em paz com o seu natural. Ir a uma festa com o cabelo todo feito e supermaquiada num dia, sair de cabelo molhado e cara lavada no outro, e se sentir igualmente bem. Diria que chegar nesse ponto é um processo, às vezes longo, mas uma meta que definitivamente vale a pena buscar diariamente.

Mas, voltando aos cachos, farei um post mais específico sobre como “get the look” e deixar o cabelo assim mesmo que ele seja liso normalmente, mais dicas para quem já tem cachos normalmente e só quer ativar! Fiquem de olho!

{Fotos: Neilson Barnard | Emma McIntyre | Phillip Faraone | Frederick M. Brown | Jeff Spicer | Getty Images e reprodução Instagram @anitta}

Comentários

(Veja Todos os Comentarios)

4 replies on “Cachos, ativar (e a graça de poder mudar o cabelo quando dá vontade!)”

Adorei! Tenho cachos e, às vezes, tenho a sensação de que o cabelos ondulado/cacheado passa uma impressão de mais “desarrumado” do que o cabelo escovado. Fica um ar de estar menos “polida”, mais desleixada. Ver referências de cachos em tapetes vermelhos me ajuda a tentar deixar essa impressão de lado e ser mais livre com o cabelo do jeito que ele é.

Amei demais esse post! Muito obrigada! Tenho cabelo naturalmente liso e minha versão favorita de mim é com cabelo cacheado, acredita? Isso acontece raramente, porque não tenho muita habilidade, mas “nóis tenta”, né? :-P
De fato, como dizem os gurus da moda, cabelo é MESMO um acessório.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Categorias:
Tags: