Viajando light

Não foi nem um pouco intencional (como contei aqui), mas o caso é que viajei com a menor nécessaire da vida para Líbano/Grécia e… sobrevivi, hahah!! Foi uma boa experiência, claro que tive que comprar várias coisas (um pouco na farmácia do aeroporto, outro pouco nos destinos), mas super me virei usando shampoo/condicionador/hidratante de corpo dos hoteis e muito pouca maquiagem! Zero sombras, só dois batons…

Bom, tirei fotos dos produtos no hotel de Beirute, a camareira organizava eles tão bonitinhos! (Eu sei que um monte de gente vai achar que isso já é muita coisa haha, mas acreditem que pra mim é pouca, sempre fui a exagerada da viagem)

Por exemplo, esqueci o sabonete/esfoliante pro rosto de uso diário, o Clarisonic então nem se fale, mas me virei limpando o rosto só com demaquiante (mini Bi-Facil da Lancôme e Créaline da Bioderma) e tônico. Apesar de não ter shampoo/condicionador/máscara de tratamento levei o mini Moroccanoil e o Creme With Silk Groom da Kiehl’s, um ótimo leave in, que resolveram a questão capilar. Foi bom ter lembrado dos cremes manipulados para dia e para noite, a água termal La Roche Posay comprei no aeroporto porque não consigo ficar sem… Aí foi o Nutraplus, que uso em áreas muito secas, e o lipbalm Rosebud Salve (mesmo assim sofri de ficar uma semana sem Bepantol para dormir!). O spray Elnett comprei em Beirute e o hidratante de corpo miniatura é o da REN que tinha no hotel.

Foto com as maquiagens. É curioso porque em nécessaire desconexa as coisas não fazem muito sentido (senão não seria desconexaaa), tipo levei 3 corretivos diferentes (palette Make Up For Ever, Studio Finish MAC e o da Nars), dois lápis pretos (Lancôme e o Zero da Urban Decay que ganhei de uma leitora fofa eee to amando ele) + delineador em gel Fluidline Blacktrack  (com pincel, sucesso) e zero sombras… Maluca! Só um rímel, o Hypnose Precious Cells da Lancôme, um blush, Desert Rose da MAC, + pincel, uma base Studio Fix MAC, dois batons, Ruby Woo e Fleshpot da MAC e o curvex do Shu. Ah e o algodão da Ricca que mostrei aqui.

Já comentei aqui que me divirto variando rímel e blush todo dia, mudo sempre de batom, passo sombra mesmo que não fique ultra aparecida, enfim, foi bem curioso passar uma semana com poucos produtos, mas claro que deu tudo certo e eu super consegui variar o visual – olho com delineador gatinho/olho preto no contorno/olho preto até o côncavo feito com o lápis + batom nude/batom vermelho (só não tirei foto, pra variar, porque não era nada revolucionário).

É nessas que a gente descobre o que é básico na nossa vida né? Mesmo sem ter a intenção!

Vale lembrar que esse post não é um “guia para arrumar sua nécessaire de viagem”, porque acho que cada pessoa tem uma necessidade, mas pode ajudar a ter ideias. O que eu aprendi com essa história toda: a fazer um checklist de coisas que não dá para esquecer, e a manter sempre uma necessaire com miniaturas emergenciais pronta. Quando executar essas duas tarefas posto aqui!