Dominique, uma nova loja incrível de beleza em São Paulo

Quando conheci a francesa Olivia Camplez, em um evento em São Paulo, e ela me contou sobre seus planos de abrir a Dominique, fiquei de queixo caído – uma loja com conceito super legal, vendendo várias marcas nicho que ainda não tínhamos no Brasil e com os tratamentos faciais da badaladíssima esteticista francesa Joëlle Ciocco, entre outros “detalhes”.

Lá se vão dois anos, e eu pude acompanhar relativamente de perto todo o processo de criação e o nascimento da Dominique, com direito a visitas à obra e tudo. Admiro Olivia imensamente, por ter a ousadia de lançar uma empreitada como essa em nosso querido País com sua burocracia TÃO complicada e processos de importação de produtos e impostos que são um verdadeiro pesadelo – ainda bem que ela não ligou para nada disso, abriu a própria importadora para fazer todo o trâmite de trazer essas marcas para cá, encontrou uma casinha fofa que colocou praticamente abaixo para dar vida ao projeto da Dominique, pensou em todos os mínimos detalhes, do desenho do piso ao uniforme dos vendedores, criado por uma amiga dela que é estilista da &Other Stories…

Sempre brinco com a Olivia que só mesmo uma gringa que se mudou para o Brasil para ter uma ideia tão maravilhosamente maluca e tirar do papel praticamente sozinha… Fico muito feliz de ver abrindo em São Paulo uma loja tão bacana para compor com a cena atual do nosso mercado de beleza, que só cresce, evolui e fica mais diverso – isso é ótimo e os consumidores só têm a ganhar.

Agora a Dominique está prestes a ser inaugurada – a previsão é fim de novembro – e além dos tratamentos e produtos da Joëlle Ciocco, algumas das marcas que estarão à venda lá são: By Terry e suas maquiagens que amo de paixão, Kure Bazaar com seus esmaltes orgânicos, Rahua com seus produtos de cabelo também orgânicos, RMS (alô Living Luminizer, um dos meus iluminadores favoritos da vida!) e Ilia, duas marcas de make também “verdes”, a linha do top cabeleireiro francês Christophe Robin, o skincare da Odacité, que tem um conceito super legal de misturar séruns e até as velas da Diptyque e da Cire Trudon, outras marcas favoritas da vida que eu sonhava em ver vendendo no Brasil…

Tem várias outras coisas legais para serem descobertas e o espaço em si já vale a visita – em vez de parecer uma loja, a Dominique vai ser como uma casa (com visual lindo), com os produtos distribuídos por ambiente.

Para quem quiser saber mais sobre a loja, aqui a matéria que escrevi para a Vogue contando tudo (clique para ampliar)

dominique reportagem vogue

Louca para ver o espaço pronto e compartilhar as fotos aqui no DDB – até lá vale seguir a Dominique no Instagram e ficar de olho no site, que será um e-commerce com entrega no Brasil inteiro!

  • ZILANDRA

    Um paraiso mesmo
    beijos

  • Gabriela

    E-COMMERCE, aí sim. Detesto loja que abre só em São Paulo e ignora o restante do país. Não à toa, várias que seguem essa cartilha terminam fechando.

    • Mas vale sempre pensar que não é tão simples abrir lojas no Brasil inteiro, é um País enorme e só de abrir em SP já é um esforço em todos os sentidos…. mesmo a logística do ecommerce não é tão simples – mas estou feliz que a Dominique vai conseguir fazer!
      @vicceridono
      diadebeaute.com

  • Andrea Hitelman

    A loja abriu hoje…

  • Cecília BQ

    Que felicidade saber que vai ter RMS e Ilia no Brasil!! Falta eu ir para São Paulo ver isso tudo de perto! <3