Cuidados no avião

Não poderia ser mais adequado o fato de eu estar escrevendo esse post… No avião! Quem me acompanha nas redes sociais (segue! Instagram @vicceridono, Snapchat @viceridono) sabe que eu viajo bastante. Digamos que passar um mês seguido em casa em Londres, sem nenhuma viagenzinha nem no fim de semana, é algo bem raro.

É um mix de viagens de trabalho – como a que fiz semana passada para Las Vegas, para o mega lançamento #benefitbrows & gravação de #camievictakevegas – e viagens de turismo, como a que estou fazendo agora, rumo a Berlim para encontrar minha irmã que veio passar férias! O fato de morar em Londres facilita demais o trânsito, é tão fácil pegar um vôo para qualquer lugar da Europa – eu vivo fuçando o aplicativo da British Airways para achar novos destinos, sempre tem umas promoções e quando você vê ~ pá ~ passagem comprada kkk. A verdade é que quanto mais viajo, mais percebo que ainda falta muuuito para ver.

Enfim – o fato de praticamente morar no avião / no aeroporto (um salve especial para o Terminal 5 de Heathrow que é puro amor) me ensinou algumas coisas, como a arte de ser concisa / editada e viajar só com a mala de mão sempre que possível, esforço que acho muito válido já que você ganha tempo tanto na ida (não precisa despachar) quanto na chegada (não tem que ficar esperando a mala sair). Aprendi também a manter nécessaires-padrão prontas, para não esquecer nada, e desenvolvi várias pequenas manias para tornar mais agradável o momento raio-x / espera no aeroporto. Mas o mais importante mesmo disso tudo é o pequeno ritual de beauté que elaborei para minimizar o estrago causado por vôos longos na pele e no organismo.

Compartilho ele abaixo e super aceito dicas, deixem nos comentários!

ANTES:
– Tomar banho o mais perto possível do vôo e passar hidratante no corpo todo, já que a pele resseca demais no avião 
. Se possível já tirar a maquiagem, limpar bem o rosto e passar hidratante como se fosse dormir – não ligo de ir para o aeroporto sem maquiagem (é bom que faz um mini detox), e já adianta o trabalho de tirar no vôo
. Quando vou pegar vôo maquiada, lembro de colocar algodão na nécessaire da mala de mão (já tive que usar demaquilante com lenço de papel, digamos que não é a mesma coisa…)
. Revisar a nécessaire de líquidos – lembrando que ela deve ter o tamanho de um ziplock, ser transparente, e os produtos não podem ter embalagens maiores que 100ml. Detesto essa regra, obviamente… Mas não tem jeito. Deixo uma nécessaire pré-feita e ajusto os produtos de acordo com a viagem da vez, já que alguns fatores influenciam. Se estou indo só com a mala de mão, todos os produtos que vou precisar na viagem devem caber nessa pequena nécessaire – é um exercício de logística, mas dá certo! Foco total em miniaturas, compro todas que encontro, coleciono amostrinhas e tenho mini tubos vazios para encher com algum produto que precisar. Também amo quando o marido viaja junto, daí posso roubar um pouco de espaço na dele kkk. Outra coisa que faço: uma nécessaire separada para itens não líquidos, assim escova de dente, cotonete, algodão, pinça etc não ocupam o precioso espaço dos líquidos. Agora, se estou despachando mala, penso em levar na mão só os produtos que vou precisar no vôo e logo que chegar no destino final (às vezes chego e tenho que me arrumar correndo, então gosto de ter os básicos à mão).

DURANTE
– Beber muita água – compro no aeroporto a maior garrafa de água que encontrar (depois do raixo-x, claro, para não ter problema com o limite de líquidos. Falo isso porque já esqueci e comprei antes, e sem querer desperdiçar tomei 750ml na fila do raio-x hahah foi emocionante). Em vôos longos, o objetivo é tomar no mínimo ela inteira + 1 refil (peço para a aeromoça encher) – hidratar é muito muito importante!
. Não beber álcool – se você detesta voar talvez não tenha muito jeito, mas como eu adoro, evito beber porque desidrata… Fora que prefiro guardar minha cota de drinks para outros momentos!
. Se o vôo é diurno, tentar não dormir, assim você chega no lugar com sono na hora certa – e eu particularmente amo esse momento no avião, sem celular, maior paz, consigo render muito escrevendo posts, matérias para a Vogue, respondendo emails… Mas se o vôo é noturno, me esforço para dormir e chegar o mais descansada possível do outro lado.
. Produtinhos em ação! Na foto ao lado tem um mix de produtos que levo 100% das vezes e outros que vario. São eles:
– Sheet mask Water Replenishment, Dr Jart – amo fazer máscaras em voos longos, e as sheet masks são perfeitas porque são potentes e tem todo o elemento da diversão de assustar os coleguinhas de avião. Hahah brincadeira – o esquema é esperar a luz apagar e colocar na fé. Deixo até ela ficar seca e massageio o que sobra de produto na pele. Se não quiser passar vergonha, vale usar uma máscara normal mais transparente. Essa comprei na Sephora em Nova York, mas tenho de várias diferentes (a Adcos tem uma ótima, aqui)
– Demaquilante Sensibio, Bioderma – essa embalagem mini é minha fiel escudeira, levo em todas as viagens, mora na nécessaire padrão de líquidos apesar de eu nem sempre precisar no avião
Água termal, Avène – outro produto que não vivo sem, e no avião é ótimo para borrifar antes de colocar a máscara, quando acordar ou a qualquer momento (aqui)
– Ginger Flight Therapy, Aesop – frescurinha que AMO, é um roll on de aromaterapia para basicamente te deixar zen no vôo. Tem um cheiro muito maravilhoso (aqui)
– Óleo facial, Liz Earle – sigo devendo post sobre óleos faciais, mas fato que amo, eles deixam minha pele super feliz (vale dizer que existem óleos específicos para equilibrar pele oleosa!). Esse é o companheiro de vôo porque tem embalagem mini (aqui)
– Protetor solar UV Plus FPS 50, Clarins – para passar chegando no destino final (aqui)
– Corretivo Clé de Peau + mini Watts Up Benefit – dependendo de onde estou indo e o que farei ao chegar já levo alguma maquiagem para dar um realce e chegar bem. Ficou fora da foto o blush cremoso
– Bepantol – outra coisa que não fico sem de jeito nenhum, especialmente no avião. Passo uma camada grossa nos lábios e o resto espalho nas cutículas e até nas mãos… Para mim é a única coisa que combate a secura!! (Outro momento “zero vergonha dos colegas”)
– Mini Crème de la Mer – depois do Bepantol, é o item mais potente e hidratante que conheço então gosto de ter para hidratar partes mais secas do rosto e até do corpo (aqui)
– Balm Dot Com, Glossier – esse mora na minha bolsa do dia a dia, mas transfiro para a nécessaire de líquidos para ter à mão no avião. Se a secura não é tão grave uso ele para lábios, cutículas etc (aqui)
– Masque Contour des Yeux, Sisley – um dos hidratantes para contorno dos olhos mais ninja que já vi. Guardo ele para ocasiões de emergência (porque o preço é meio salgado), como dias que sei que vou dormir pouco ou… Avião! É uma máscara, na realidade, mas eu uso uma camada mais fina e deixo sem remover durante todo o vôo – parece que deixa a expressão descansada como se fosse mágica (aqui)

– Meia de compressão – essa é uma dica que ainda não incorporei, mas muita gente ama então achei que era válido incluir no post ;) meias de compressão para as pernas não incharem… Quem usa e recomenda?

DEPOIS
Não tenho tantas dicas para o depois, mas acho importante continuar tomando muita água e, para a pele, limpar bem o rosto depois do vôo – o ar do avião é “sujo”, digamos, então vale a pena!

. . .
  • Vic sua linda, eu nunca andei de avião, e na verdade viajo pouco pouco, mais ao que vem viajarei mais rsrsrs
    e claro que seu post foi uma verdadeira aula..Vc e otima, super didática, e super organizada..Sempre aprendo com vc
    bjssss

    • Oi, Zilandra! Eu também amo a Vic. Sigo ela desde 2010!
      Eu mantenho um blog de viagens, o Comece a Viajar, onde incentivo as pessoas a viajarem mais e ajudo com dicas de economia e planejamento. Se estiver interessada, dá um pulinho lá! :D
      Bjos!

  • Débora

    Vôos longos só com meias de compressão! Quando chega no destino e tira as meias, a perna está fresquinhas, parece mais descansada, adoro a sensação. Mas ela esquenta bastante.

  • Adorei o post!! Mas confesso que morro de medo de andar de avião, para mim é quase uma tortura…rsrsrs Quem sabe se da próximo vez que eu pegar um voo longo, faço alguma dessas suas dicas para tentar me acalmar ;)

    Beijos!

    https://butterscotchandmacaroons.com/

  • Kel

    Aii que post bacana. Super queria saber como você usa as máscaras porque né…fiquei pensado “será que a Vic faz o Hannibal e coloca a máscara assim, na frente de todo mundo?!”. Agora que tenho essa certeza na vida – que não vou ser a louca do avião – vou adotar essa prática também.
    Água termal era algo que eu achava o cúmulo da frescura (em viagem e no dia a dia), mas depois que testei não fico sem. Borrifo sem dó em mim e no esposo (mesmo ele detestando) e trago até para o trabalho porque o ar-condicionado é destruidor.
    Por fim, os óleos. Outra coisa que eu também achava frescura, mas hoje em dia uso MUITO. Levo o midnight recovery e o de vitamina E da Body Shop. Pode até ser psicológico, mas eu me sinto bem menos destruída facialmente (principalmente porque de Manaus para Europa demora uma vida e mais seis meses).
    Acho válido compartilhar: diluo três/quatro gotas de óleo de melaleuca (tea tree) em uns dois dedos de água mineral e passo no rosto com algodão. Sinto uma melhora bacana quando estou com alguma espinha maldita.
    Ps: vou arriscar a meia na próxima porque eu sempre fico com a perna doendo de tão inchada.

  • Geize

    Vic amei as dicas <3 no meu proximo voo internacional vou provar a mascara facial hihihi
    Sempre uso a meia pra viajar, não posso ficar sem, dói muito as minhas pernas se não uso…
    Faz um post com as dicas (manias) para tonar mais agradável o momento espera no aeroporto e no avião quando se viaja de dia, quanto mais eu viajo mais acho chata essas esperas eternas :x

    Não vejo a hora de ter nas minhas mãos o teu livro :D

    Beijos

  • Vic, esse negócio de beber muita água no avião me lembra que tem que ir no banheiro do avião. Gosto muito não óó. hahah. De boa pra vc? Ahh, vc só viaja de first class, deve ser menos tenso. Beijosss.

    • Vic Ceridono

      Kkkk meu sonho só viajar First Class ??? mas não é bem por aí não…
      Em todo caso prefiro hidratar e ir no banheiro do avião do que não beber água ;)

  • natalia

    Meia de compressão também para evitar trombose =P
    Beber água eu sempre tento beber muito quando viajo, porque de fato dá uma sensação de “secura por dentro”
    De resto, gostei da dica das máscaras, vou tentar no proximo voo

  • Laura

    Eu nunca levei água termal porque achei que não pudesse levar embalagem em spray/aerosol na bagagem de mão! :-/

    • Oi, Laura! Pode levar sim, mas precisa ter no máximo 100ml.

      • Laura

        Obrigada, Cláudia!

  • Caroline Tuna

    Vic!

    Linda!

    Escreve sobre as manias que vc adquiriu em aeroportos/voos, além do DDB!

    Muitos beijos!

  • Ana

    Uso sempre meias de compressão. Apesar de não ficar muito bonito, é óptimo pois ajuda imenso a nível do cansaço muscular e promove a circulação (assim evita coisas bem mais sérias e perigosas também). Queria apenas perguntar se acha que devemos também adoptar estes cuidados em voos de curta distância, ou se é só necessário em voos longos? Muito obrigada :)

  • Francisca

    Meia de compressão é uma bênção! Agora uso a 3/4 sem dedinhos – recomendo, pois meu pé é 39 e a dor dos dedos esmagados com a normal não era brincadeira. Além de prevenir trombose venosa profunda e diminuir o inchaço, ajuda a cansar menos! Inclusive se vou viajar no inverno e caminhar muito eu uso no destino também! Experimenta na próxima viagem, aposto que vai aderir pra vida toda :)

  • Amei o post! Vou fazer uma viagem em breve e essas dicas vão me servir muito. Eu sempre me perguntava essa questão da água, mas agora me liguei que a melhor opção é comprar depois do raio-x. Vic, tu arrasa

  • Adoro post sobre avião!! Também tenho toda uma rotina quando vou pro Brazil. Vale lembrar que toalhas demaquilantes não contam como líquido e são mais práticas pra viajar, assim como os produtos sólidos como batom, iluminador em bastão e blush em creme. Evito viajar com maquiagem líquida se vou só com mala de mão. E levo lipbalm (Sugar Fresh) com cor pra quando chegar tb.

  • Gi

    Já tinha visto a dica da meia de compressão preta (pq a nude ninguém merece… rs), mas nunca procurei pra comprar. Como sempre sinto frio em avião, não vai me incomodar, e acho que será bem útil na próxima viagem longa. Bjs

  • Erika

    Faz tempo q não viajo, e na epoca q pegava mais aviao nao tinha tantas mascaras de facil acesso e nunca tinha pensado em colocar no aviao… fiz algumas viagens para China e são 24h de avião. imagina como vc não sai quase uma uva passa! mas uma coisa é verdade que bepantol eh a unica coisa q salva no avião, até tinha outros lip balms, mas não adianta. bepantol era a unica coisa q hidratava e tinha q reaplicar varias vezes durante os vôos. e ainda tenho rinite, então é bom levar um soro para o nariz também.

    na minha proxima viagem vou tentar as mascaras p chegar do outro lado menos acabada.. haha..
    Gosto mt dos seus posts!! fazia tempo q não vinha no blog, estava acompanhando só pelo youtube.

  • Monalisa Coura

    Adorei as dicas.
    Eu tenho viajado muito a trabalho e Bepantol é CERTO de ter na bolsa de mão além de creme de mão, lip balm, lenços umedecidos… mini escova de dentes,,, ! Minha pele é mega ressecada e sem o Bepantol e creme de mão seria muito incômodo ficar 7h, 8h num avião…

  • ótimas dicas… nao uso meias de compressão. uso meias normais tipo de nylon transparentes por baixo de minhas calças de malha que eu nao dispenso em viagem longas… como saio do frio do Sul pra o calor do Norte tenho q usar as meias pra nao sentir tanto frio … também nao viajo maquiada. com a pele limpa e hidratada e levo uma água termal de O Boticário (é muito boa! recomendo). também faço as necessaires separadas. leve umas três no minimo… rsrsrs…

  • Fernanda

    Tem q usar meia de compressão e caminhar a cada 2 horas no voo para prevenir trombose. Isso é muito sério! Eu ja tive embolia pulmonar e tenho uma amiga q tb teve depois de voo longo sem fazer as caminhadas.

  • ana

    mas eu não entendi o porquê das máscaras e do demaquilante… vcs sentem alguma coisa na pele? pq a minha pele é seca, mas consigo viajar de boa, sem nenhum sintoma! o que nunca falta pra mim é soro fisiológico! o meu nariz fica muito seco, até dói. e nunca viajo de lentes de contato, apenas óculos.

    • Vic Ceridono

      Sintoma não, claro que é mais uma frescura do que um cuidado “de saúde”

      Mas sinto minha pele muito cansada e sem viço depois se não cuidar dela no avião…

      Bjos!

  • Paula

    Definitivamente, Vic, meia de compressão faz TODA diferença, principalmente em vôos mais longos. Como você praticamente mora no avião, vale a pena incorporar à sua malinha de mão.

    Como a Ana, também sou soro dependente, rsrsrs… só água não conta de combater aquela secura toda, não.

    Happy and safe travels!!! ;-)

    beijos!

  • Vic, peguei um voo com você no fim do tour 3 do livro DDB (Manaus-SP) e fiquei só observando pq queria te ver de máscara!! Hahaha. Como acompanho todos os vídeos, já sabia dessas suas manias. E como eu te disse logo cedo e você riu, gente, você dorme/acorda diva no avião!! Invejei demais.

    Tenho seguido alguns cuidados, tipo viajar sem maquiagem e hidratar bastante. Quero testar as máscaras ainda e, depois desses comentários, a meia!

    Beijos! Amei o post!