TV Beauté: respondendo perguntas sobre meu cabelo

Hoje tem tema capilar – e um pouco egocêntrico – na TV Beauté haha! Recebo muitas dúvidas, comentários e perguntas sobre meu cabelo, questões variadas como a cor, o corte (e o fato de ele estar mais compridinho agora), alisar, não alisar e como lidar, tratamentos… Então resolvi fazer um vídeo respondendo essas perguntas todas!

Assuntos capilares sempre rendem né? Deixem suas experiências nos comentários também!

  • Secador Pro Care 1900w – Philips
  • Babyliss Silk – Remington
  • Escova Mason Pearson
  • App Ruuby (fui no Richard Ward em Londres)

Mistura da minha tinta/cor do cabelo:
Color Perfect – 30g de 7 + 30g de 7.3 + Color Touch 3g de 0.34 (tudo da Wella)

Posts & vídeos citados:
TV Beauté: randômico sobre cabelo, parte 1
TV Beauté: randômico sobre cabelo, parte 2
SOS Cabelo branco
O kit dos cabelos domados
Diário de Beauté: o que tenho feito

Usando:
Blush Sunbasque – MAC
Esmalte Taupe Retro – Yves Saint Laurent
Colar vintage
Anel Accessorize
Camisa Mixed

{Edição do vídeo: Renata G. Corrêa}

  • Ameii esse! ps: essa foto da miniatura do vídeo tá muito fofa!!

  • Ângela

    Adorei, Vic! Sabes dizer qual o volume da ox? Beijão!

  • Thaina

    Vic, você é diva master suprema do cabelo preso podrinho e batom vermelho. Super me encoraja para sair da minha zona de conforto e ousar mais.

  • Mariana

    Vic, além de termos o mesmo tom de pele (fico super feliz qdo vejo que as coras de base/corretivos são as mesmas),medicinei hoje que temos os mesmo problemas capilares. : mts fios brancos, “massa disforme”, dificuldade em fazer escova em casa….hahahahaha a diferença é que optei pela luzes para disfarçar !!!! Adorei o vídeo!

  • Juliana Lotenzato

    Oi, Vic! Sou cabeleireira e adorei ouvir sobre seu cabelo!
    Na verdade, até me identifiquei um pouco, pois quando era adolescente também tinha uma “massa disforme”, mas quando vamos amadurecendo e os hormônios da adolescência dão uma trégua (hahahahahaha) o cabelo tende a tomar mais forma. Hoje meu cabelo é ondulado e eu amo! Inclusive sempre alguém comenta alguma coisa dele, elogiando, nem imaginam o quanto sofri e odiava!
    Acho que além disso, aprendi como lidar com ele (minha mãe tem cabelo super liso, não entendia o drama! Kkkk), e acho muito que deve ter sido seu caso tb, como vc alisa desde nova, não deu tempo pro cabelo tomar forma e hoje vc sabe lidar com ele.
    Bjos!!!

    • maria helena

      Minha história é parecida! Na minha adolescência eu também tive “massa disforme” e odiava, sempre tinha comentários de todos sobre meu cabelo, fiz 4 alisamentos, o último aos 17 anos. Hoje aos 22, sem química nenhuma, não tenho o que reclamar dele, liso mas sem ser escorrido e aprendi também a cortar de um jeito que valoriza. Minha mãe dizia pra cabeleireira que era milagre kkkkkkk e ela disse que eram só os hormônios da adolescência mesmo.

  • Oi, Vic!
    Sou cabeleireira e adorei saber mais sobre seu cabelo!
    Na verdade, até me identifiquei com vc, pois quando era adolescente também tinha essa “massa disforme”, mas quando a gente vai amadurecendo e os hormônios da adolescência dão uma trégua (hahahahahaha) o cabelo vai tomando forma. Hoje o meu é ondulado e eu amo! Não queria que fosse diferente de jeito nenhum!
    E acho também que aprendi como lidar com ele. Talvez seja oq aconteceu com vc, pois como alisava desde nova, não deu tempo pra ele tomar forma, hj sabe como fazer pra deixar do jeito q vc gosta.
    E as fases do cabelo branco são exatamente essas! Kkkk adorei!
    Bjos!!

  • Oi Vic!!! Acredito que seu cabelo seja como o meu, porém eu o chamo de desgrenhado e não massa disforme hahahaha.
    Se deixo secar naturalmente ele não fica liso nem ondulado, mas faz algumas ondulações em lugares estranhos e fica armado. Vai entender…
    O meu é mega oleoso, já tive queda drástica por causa de oleosidade, por isso hj tenho que lavar com um shampoo especial, que é tipo um anti resíduo, mas que tira a tinta muito mais rápido… Enfim, nada é perfeito… Beijos!!! Quero muito seu livro!!! :)

  • Cristiana Pwreira

    Oi Vic, gostei muito do post, este drama capilar é uma coisa de todas nós mesmo…
    Só não tive esta mesma impressão do Dios Spa, aliás bem o oposto do que vc descreve. Marquei hora com a Renara por ter visto em outro blog é simplesmente ela nem me atendeu (!) , quem veio foi outra pessoa. Fiz várias coisas, o tal questionário, etc, é bem no fim vejo a Rê “mimando” uma pseudo famosa. O fim. Nem vou entrar no mérito dos produtos, mas acho importante vc dizer se agou a conta pq a menina tirou foto e saiu direto, enquanto minha conta foi altíssima!!! Depois soube que eles têm fama de jabá total e vc que é tão especial para nós, suas mega fãs, não deveria cair nessa…enfim. Hoje em dia quem ganha presente tem que declarar, se não é Petrolao, ou melhor, publicidade! Bjs

  • Laila Pereira

    Oi Vic, gostei muito do post, este drama capilar é uma coisa de todas nós mesmo…
    Só não tive esta mesma impressão do Dios Spa, aliás bem o oposto do que vc descreve. Marquei hora com a Renara por ter visto em outro blog é simplesmente ela nem me atendeu (!) , quem veio foi outra pessoa. Fiz várias coisas, o tal questionário, etc, é bem no fim vejo a Rê “mimando” uma pseudo famosa. O fim. Nem vou entrar no mérito dos produtos, mas acho importante vc dizer se agou a conta pq a menina tirou foto e saiu direto, enquanto minha conta foi altíssima!!! Depois soube que eles têm fama de jabá total e vc que é tão especial para nós, suas mega fãs, não deveria cair nessa…enfim. Hoje em dia quem ganha presente tem que declarar, se não é Petrolao, ou melhor, publicidade! Bjs

  • Lis

    nunca comentei mas, tem um comentario que se tem que fazer: da muita vontade de ser sua amiga, vic!! ahah Eu e minhas amigas adoramos voce! sempre que viajamos ou vamos na sephora daqui brincamos “cara, a vic tem isso e disse que e’ muuuuito mara!”
    quanto ao video eu nunca fiz um alisamento, nao tenho nenhum fio branco, mas mesmo assim assisti e aamei!! continue assim :)

  • Ana Laura Menezes

    Ei Vic! Seu blog está na minha rotina a anos! Adoro! Uma pergunta que me veio a cabeça assistindo esse video foi a respeito da sua câmera! Vc, as vezes, podia fazer um express mostrando o seu equipamento de filmagem ou só comentando o modelo em um video de respondendo as perguntas…
    Beijos

  • michely

    Adorei o vídeo, as informações, que bom você compartilhar com a gente. Eu estou quase na mesma situação que você, quase cinco meses sem alisamento, e quero continuar assim, mas o objetivo final é largar de vez da química, meu cabelo também é meio “nem cacheado nem liso” mas vou dar uma chance á ele, até porque hoje sei cuidar melhor dos meus cabelos e invisto em produtos bons. Adorei seu cabelo com mais volume nas laterais, você é muito fofa, beijos.

  • Camila

    Vic, já comentei no vídeo dos cabelos domados mas vou comentar de novo: há 2 anos deixei meu emprego no Brasil para vir fazer mestrado nos EUA. No Brasil eu vivia no salão: era alisamento, penteado e maquiagem todo vez que tinha festa, etc, etc… Aqui a grana não dá para tanto, então tenho aprendido muito a me virar sozinha, o seu blog é disparado o que mais me ajudou!!! Outro dia tive um casamento por aqui e me arrumei 100% sozinha, e várias pessoas me elogiaram! Enfim, maravilhoso o seu blog, continue dando essas dicas.

  • Mônica Assis

    Oi Vic!! Eu simplesmente amo assistir seus vídeos (assisto todos) e ler seus posts em geral…acompanho o blog diariamente e queria dizer que você é uma pessoa linda (por dentro e por fora) e com um carisma irresistível: você descomplica e torna tão leve a forma de tratarmos de pequenas “neuras” de beleza que toda mulher têm (cabelos indomáveis, por exemplo) e nos deixa confortáveis para expressar nossas dúvidas…sinceramente você me inspira!! Você merece todo o sucesso e felicidade, por ser essa pessoa tão iluminada!! Parabéns pelo seu blog e estou ansiosa por seu livro!!! :)

  • Aline Freitas

    Eu simplesmente amo falar sobre cabelos! O meu é cacheado, uns cachos largos; mas eu sofri demais na infância/adolescência/início da idade adulta! Pois eu não tinha ideia de como domá-los! Não tinha internet, não conhecia leave-ins, os cabeleireiros não queriam cortar meu cabelo curto, huahauha! Foi horrível!!
    Hoje, com o fácil acesso a informações de beleza, consegui “juntar” vários truques e encontrei vários produtos que deixam meu cabelo do jeito que quero! Eu tb tenho muitos cabelos brancos, e começaram a aparecer quando eu tinha uns 20 anos!

  • Ana Moraes

    Oi Vic, tudo bom?
    Queria saber se vc descolore o cabelo antes de pintar. Não sei se é uma pergunta meio óbvia =(
    Mas to tentando achar um jeito de puxar a cor do meu cabelo mais pro vermelho, igual o seu, mas não queria ter que descolorir ele pq já é tão seco que tenho medo de virar uma palha total
    seu cabelo ta mara <3
    bjos!

  • Cinthia Long

    Oi Vic! Adorei o vídeo e as suas dicas como sempre, são suuuper úteis… mas eu tenho uma perguntinha: assim como você eu vou passar uma temporada em Londres – a princípio um ano, mas que pode virar uma vida – e queria saber, vc acha que vale mais a pena comprar o secador/chapinha/babyliss ai por conta da voltagem/tomada? Eu to com medo de levar e acabar tendo que comprar novos ai…
    Obrigada querida! Ah, assim como você, nós leitoras também estamos muito ansiosas pelo lançamento do livro!!
    Beijos

    • Vic Ceridono

      Oi Cinthia! Que legal, vc vai amar!
      Eu uso o secador do Brasil com adaptador de tomada, minha voltagem em casa é a mesma… Babyliss só mudei pq troquei com minha irmã, senão acho que é mais fácil trazer tudo e comprar os adaptadores de tomada mesmo!!

      Bjos e boa sorte!

  • Jessica

    Oi Vic, adorei o vídeo, já tinha procurado me informar da cor do seu cabelo e no post que falava dela vc esqueceu de mencionar a quantidade de cada cor hehe, agora só ficou faltando o volume da água oxigenada!! Também gostaria de saber sua opinião, sou branca como vc, porém tenho sobrancelha clara e rala, será que esse tom de cabelo vai ficar bom em mim??? Beijos

  • Samara

    Oi, Vic! Amei o vídeo – só acho que faltou uma foto de como é seu cabelo natural (sou curiosa! Hah)
    Meu cabelo tem história. Ele é um cacheado crespo, sabe? Comecei a fazer relaxamento aos 12 anos e parei com 16. Ele só ficava bonito na hora e depois ficava quebrando, caindo e cheio de frizz. No fim não compensava mais e passei a querer vê-lo natural novamente. Depois de 4 anos desde a última vez que parei de fazer relaxamento, eu AMO meu cabelo. Incrível como mudamos, né? Aprendi a lidar com ele também! Hoje ele está 100% natural e quase considerado longo. Sigo algumas cacheadas famosas pra pegar dicas, mas a verdade é que tem TANTA coisa que acabei me perdendo. Depois de várias experiências, cheguei na minha fórmula: praticidade, naturalidade e economia. Eu não preciso fazer milhares de coisas pro meu cabelo ficar incrível. Preciso fazer do jeito certo, apenas. Lavo ele normalmente com shampoo e condicionador hidratante da Natura (amo os produtos capilares da marca), seco ele com alguma camiseta velha de algodão (evita o frizz e não agride tanto), passo um spray pra cabelos cacheados do C. Kamura, passo redutor de volume da capicilin e yamasterol amarelo (dupla ótima pra controlar o volume e deixá-los definidos) e desembaraço com uma escova de dentes largos baratinha da avon. No fim, jogo ele pro lado e amasso as pontas com mousse modelador. Deixo secar naturalmente e o resultado é maravilhoso! Quando ele está quase seco, prendo ele num coque alto e frouxo pra controlar mais ainda o volume. Seria o equivalente ao gorro hahah.
    Enfim, acho que o que vale mesmo e ficar feliz com o resultado (melhor ainda quando o cabelo está natural) e se virar tanto financeiramente quanto nas habilidades.
    Beijos!

  • Cassia B. Santana

    Oi Vic!! Adorei esse vídeo e me identifiquei muito quando você falou dos seus fios brancos. Eu também tenho desde nova e é sempre muito trabalhoso manter a raiz. Gostaria que por favor, você falasse mais sobre esses produtinhos – nome, marca, impressões sobre eles e onde encontrar – que você usa para disfarçá-los enquanto não retoca a raiz. Obrigada e espero ansiosa que minha sugestão seja atendida, afinal tem muita gente assim como nós, com fios brancos. Bjs!

  • Livia Colombo

    Olá Vic! Amo seus vídeos!Vc conhece a escova da Sephora parecida com a Mason Pearson? Nunca tive a Mason Pearson nas mãos para saber se as cerdas são duras ou macias. Vc saberia dizer se a da Sephora tem as cerdas iguais? Obrigada !!!!!

  • Livia Colombo

    Vic, amo seu blog, seus vídeos e td q vc faz! Vc é mt divertida e querida!Ansiosa pelo seu livro!!!:)
    Me tire uma dúvida… A sephora fez uma escova oval mt parecida com a Mason Pearson! vc já viu? Gostaria de saber se as cerdas são iguais, a da Sephora as cerdas são bem durinhas, feitas c pêlo de javali. Bjs e obrigada!

  • Carla

    Moça, como vc consegue usar shorts e camiseta e ser a mais linda da cada dos youtubers?

  • Tatiana Melo

    Oi Vic! Sempre acompanhei seu trabalho mas nunca comentei por aqui rs.
    Desde a primeira vez que assisti teu primeiro video gostei muito da maneira que vc interage com a gente.Amo!
    Tu é linda e teu cabelo tb!

    bjss!

    http://www.armarioatual.com.br

  • Raquel

    Vic, sou sua fã antiga. Nunca comentei, mas resolvi fazê-lo agora. Você é linda
    Com todos os estilos de cabelo! Parabéns pelo seu blog, vc é a melhor!!!

  • Ai, como eu me realizo com conteúdo pra cabelo, mesmo quando a experiência que a pessoa está relatando não tem nada a ver com a minha experiência com o meu cabelo, é uma paixão que tenho desde a infância.
    Não ligo pra maquiagem e sou bem básica no quesito roupas, tipo básica mesmo, nem acessórios eu uso direito, mas cabelo é algo que eu realmente me empenho, principalmente depois da treva que foi ver meu cabelo simplesmente cair sem motivo algum – como se estivesse trocando, que nem acontece quando somos bebês – e, o que sobrou na minha cabeça, começar a se rebelar. Procurei endócrino pra saber se era falta de alguma vitamina, tireoide, enfim, nada. Mamãe diz que foi mal olhado (IAUSHIAUSH).
    Nessa época, me apeguei na chapinha loucamente pra tentar dar uma forma e foi bem triste, porque essa dependência durou mais de 2 anos e, apesar do meu cabelo ter crescido bastante, cresceu um cocô de desbotado (meu cabelo é castanho claro) e todo quebrado e destruído, o que me fazia ainda mais dependente da danada da chapinha (com ela, o bicho era lindo d+). Até que tomei coragem, cortei o cabelo curto (pra eliminar as pontas) e resolvi parar.
    De lá pra cá aprendi MUITO sobre o meu cabelo. Muito mesmo. Não é a toa que sou eu quem coloro, descoloro e corto quando quero. Sou muito fã de coração de cabelo com aspecto natural, é o que procuro sempre pro meu, quero poder lavá-lo e secá-lo ao natural, uma vez que meu cabelo é oleoso (o que me força a lavá-lo quase todos os dias) e sinto muito calor (a era do chapinha&secador foi um período muito doloroso). Hoje só uso shampoo, condicionador, creme pra pentear e óleos pras pontas (de argan ou de ojón, tudo de supermercado) na minha rotina capilar. Descobri ultimamente a linha Óleo Nutrição, da Dove, e recomendo. Hidrata, dá brilho, maciez e não pesa. Outra dica é a linha de tintura sem amônia Olea, da Garnier. Tem um cheiro agradável, não endurece o fio e uso o condicionador pós-tintura que vem com ele como creme pra pentear pras pontas todo o dia após a lavagem. Não tenho cabelo branco, então não tenho como informar sobre a cobertura da tintura, uso de vez em quando só pra mudar o visual mesmo e, no meu cabelo, funciona bem.
    Ficou longo, mas, após ler o post, fiquei com muita vontade de compartilhar um pouco da minha experiência e minhas dicas (todas acessíveis, de supermercado, e sem nenhuma ligação promocional), até porque foram quase 3 anos pro meu cabelo se regenerar, digamos assim, e imagino que pode ter pessoas passando pelo que eu passei.
    Adoro o Dia de Beauté principalmente pela linguagem informal e próxima com os leitores, é um dos meus primeiros favoritos, até no computador do escritório.

  • Ai, como eu me realizo com conteúdo pra cabelo, mesmo quando a experiência que a pessoa está relatando não tem nada a ver com a minha experiência com o meu cabelo, é uma paixão que tenho desde a infância.
    Não ligo pra maquiagem e sou bem básica no quesito roupas, tipo básica mesmo, nem acessórios eu uso direito, mas cabelo é algo que eu realmente me empenho, principalmente depois da treva que foi ver meu cabelo simplesmente cair sem motivo algum – como se estivesse trocando, que nem acontece quando somos bebês – e, o que sobrou na minha cabeça, começar a se rebelar. Procurei endócrino pra saber se era falta de alguma vitamina, tireóide, enfim, nada. Mamãe diz que foi mal olhado (IAUSHIAUSH).
    Nessa época, me apeguei na chapinha loucamente pra tentar dar uma forma e foi bem triste, porque essa dependência durou mais de 2 anos e, apesar do meu cabelo ter crescido bastante, cresceu um cocô de desbotado (meu cabelo é castanho claro) e todo quebrado e destruído, o que me fazia ainda mais dependente da danada da chapinha (com ela, o bicho era lindo d+). Até que tomei coragem, cortei o cabelo curto (pra eliminar as pontas) e resolvi parar.
    De lá pra cá aprendi MUITO sobre o meu cabelo. Muito mesmo. Não é a toa que sou eu quem coloro, descoloro e corto quando quero. Sou muito fã de coração de cabelo com aspecto natural, é o que procuro sempre pro meu, quero poder lavá-lo e secá-lo ao natural, uma vez que meu cabelo é oleoso (o que me força a lavá-lo quase todos os dias) e sinto muito calor (a era do chapinha&secador foi um período muito doloroso). Hoje só uso shampoo, condicionador, creme pra pentear e óleos pras pontas (de argan ou de ojón, tudo de supermercado) na minha rotina capilar. Descobri ultimamente a linha Óleo Nutrição, da Dove, e recomendo. Hidrata, dá brilho, maciez e não pesa. Outra dica é a linha de tintura sem amônia Olea, da Garnier. Tem um cheiro agradável, não endurece o fio e uso o condicionador pós-tintura que vem com ele como creme pra pentear pras pontas todo o dia após a lavagem. Não tenho cabelo branco, então não tenho como informar sobre a cobertura da tintura, uso de vez em quando só pra mudar o visual mesmo e, no meu cabelo, funciona bem.
    Ficou longo, mas, após ler o post, fiquei com muita vontade de compartilhar um pouco da minha experiência e minhas dicas (todas acessíveis, de supermercado, e sem nenhuma ligação promocional), até porque foram quase 3 anos pro meu cabelo se regenerar, digamos assim, e imagino que pode ter pessoas passando pelo que eu passei.
    Adoro o Dia de Beauté principalmente pela linguagem informal e próxima com os leitores, é um dos meus primeiros favoritos, até no computador do escritório.
    Beijos.

  • Soninha

    ai que delícia de vídeo !!!!!!!
    Mas o final foi TOP, vc falou tudo: amem seus cabelos e aprendam a se virar sozinha !!!!
    Eu aprendi (muito contigo) a me virar sozinha.
    Hj eu tonalizo, faço escova, penteadinhos presos, hidratações, tudo sozinha em casa e tenho até um truque para cortar um pouco na emergência.
    Nossa é uma li-ber-ta-ção não precisar ir ao salão. Não q eu não goste, mas q é libertador, isso é.
    bjs
    P.S.: vc está lindíssima

  • Cabral, G.

    Adoro os seus vídeos, mas a única coisa que consegui prestar atenção foi em como você estava especificamente linda nesse vídeo!

  • Mariana Vicenzo

    Viiiiiiic! Seu cabelo é lindo! Inclusive acho que você é referência em cabelos presos! Super inspiradora! hahhah… e realmente você tem razão: achoq eu toda mulher tem muuuuito oque dizer do próprio cabelo, o que é super enriquecedor já que esse auto conhecimento além de deixar nossos cbaelos lindos ainda pode esconder ótimas dicas para as outras mulheres!

    No meu caso, meu cabelo é castanho escuro e já fazem 3 anos que tenho ombré, recentemente fiz aquele efeito tartaruga misturando loiros mais claros nas pontas e tal… mas tenho um mini projetinho de deixar os cabelos beeeeeem longooooos hahahahah eu já tinha esse projetinho nates mas por conta das pontas duplas e de ter ficado um bom tempo sem cortar (oque não adianta) tive que cortar um pouco abaixo do ombro no fimd o ano passado, então a partir daí to no intensivão cabelo hahaha e hoje em dia também sei domar a fera! eu tenho o cabelo ondulado.. mas é um ondulado bem leve, tenho bastante cabelo e o que rola um volume as vezes, já fiz alisamento umas 3 vezes, mas deixei essa vida faz tempo, hoje em dia uma vez por ano apenas faço uma “selagem de fios” ou botox de cabelo ahhahah cada um chama de um jeito né?

    uma dica sua que eu amei e super rola comigo, é usar de vez em quando aquele shampoo DETOX da beauty box sabe? eu sinto que meu cabelo realmente tem um “novo começo” hahahaha que ele respira e fica muito melhor pra continuar recebendo os tantos produtos…

    por conta da tintura, meu cabelo ficou bem mais fraco, então faço hidratação (em casa mesmo) uma vez por semana! sempre testo máscaras novas mas acho que minha favorita tem sido a boa e velha aussie, 3 minutes! além disso, uso aqueles cremes antioxidantes (roxo) para deixar o loiro mais claro sem aquele aspecto carla perez, loiro piu piu e tal rsrs.. esse creme eu passo depois do condicionador beeeem pouquinho (toda vez que lavo – sei que dizem que não é mto bom, mas eu lavo o cabelo umas 3 vezes por semana (os outros dias batiste ajuda ahhahaha) então acho que não tem um impacto ruim sabe)

    quando rola de secar ou usar chapinha e as pontas não ficarem comportadas e uniformes, passo um oleozinho da Loreal (um que o frasco é dourado rs) ou então um óleo de silicone para pontas mesmo. como eu gosto de ondas mas não marcadas, eu seco o cabelo normalmente e prendo um coque bem puxado bem no topo da cabeça… depois d eum tempo, quando solto passo um pouco de ativador de cachos, um pouco de spray fixador e esse é meu babyliss! hahahha

    quanto à shampoos, recentemente descobri um de reconstituição do John Frieda que estou IN LOVE ♥ hahahahah mas no geral eu uso sempre da Loreal, que acho o preço ok e são muito bons!
    durante o dia a dia eu durmo com ele preso num coquinho baixo ( e preso com grampos para não marcar) porque ai de manhã no outro dia é só desfazer e passar algum tipo de modelador (a raiz fica baixinha e com leve ondas).

    enfim, é isso :D
    beijo!