Dicas preciosas para cabelos lisos e finos

Vocês lembram da minha super amiga Fe Grão, dona de cabelos belíssimos que já escreveu 3 posts sobre como cuida/arruma/deixa ele loiro aqui para o DDB no passado? Ela domina a arte de deixar com emoção um cabelo muito liso e fino, e dividiu vários truques legais aqui e aqui – e contou sobre como faz a cor aqui. Pois bem, dona Grão está de volta para dividir com a gente novos produtos que andou testando. Se você também tem cabelo liso, fino, que não para com nada, que não fica volumoso jamais… Aproveite! (Lembrando que tivemos recentemente um post especial com dicas para as cacheadas aqui). Mas antes de começar com os produtos, pedi para ela separar e comentar alguns diferentes “momentos capilares”: cabelo fe grao 1 1 – “Aqui dá para ver meu cabelo na versão mais escura, com menos praia e aditivos, mas ainda com alguma bossa de volumizador. Se tivesse que escolher um look capilar para todo sempre, hoje, acho que esse seria o meu ideal!” 2 – “Essa foto foi tirada no meu primeiro dia de volta de Londres! Tinha a-ca-ba-do de cortar o cabelo no Taylor Taylor de East London, com o Federico Vazzoloretto. Foi um dos cortes mais legais que tive na vida. Experiencia incrivel que recomendo e quero repetir! O Federico ficou uns 45 minutos trabalhando, ajustando camada por camada. Eu queria um cabelo com muito mais movimento e bossa sem precisar cachear. Ficou exatamente como eu queria! Alias ficou melhor!” 3 – “Essa nao tem nada de mais, mas escolhi porque tenho mudado sempre a posicao da risca com uma estrategia para um cabelo com caimento menos chapado! Nesse dia, meu cabelo até que tava mais liso, mas com esse truque ele ficou bem mais interessante!” 4 – “Será que o tal volumizer da Alterna que você me deu funcionou? Agradecimentos a amiga blogger ;)” 5 – “Foto panico! Cabelo sem nenhuma graça! Ilustra exatamente o motivo pelo qual a investigação volumizadora vale a pena! Mas não chega a ser uma escravidão… Cada dia é um dia e nesse provavelmente eu só queria deixar os fios “respirarem” porque a noite tinha festa!” 6 – “Cabelo capa de Nova só que pra Glamour! O Patrick Pontes é fantástico (make and cabelo) Fez esse look incrível que até Deus dúvida (basta olha a foto 8!)! Mas que prova que com os produtos certos + modelagem de babyliss bem aplicado, mesmo o cabelo mais sacana se rende! Fiquei me achando.” E vamos lá. Com a palavra, Fe Grão: “Eis que estou de volta para mais uma das minhas esporádicas colaborações no DDB! Fui tirar um sabático na terra perdida de quem acha que não tem tempo para nada e não liga muito para novidades de beleza, mas agora eu ressuscitei! YEAH! O pior é que isso rende conteúdo para todo um outro post sobre vida leve e a total importância de alguns detalhes preciosos que moldam um cotidiano (para o bem)… É um papo um tanto filosófico, mas a beleza e seus rituais têm tudo a ver com esse equilíbrio! ;) O bom é que estou de volta! Que honra poder escrever para o amado DDB mais uma vez. Ver o mercado mais preparado e diversificado é uma dos pontos mais bacanas desde a minha primeira participação, em 2009. O acesso facilitado a uma gama maior de produtos é um balanço muito positivo para todo mundo, mas especialmente para a categoria cabelo liso / ultraliso, que não tem muito ibope no mercado mainstream. Vamos relembrar? Lá no começo a Sephora não existia ainda no Brasil, e Oscar Blandi, por exemplo, era uma realidade um tanto mais distante que os atuais dois cliques no seu computador. Outro ponto: a L’Oréal também lançou o kit mechas californianas (aquele da campanha com a Isabeli Fontana). Tenho um feeling que eles viram o nosso post-hit sobre o Sun-In / luzes controladas e tiveram mais “coragem” de lançar esse produto no Brasil. Só fico imaginando o print dele no PowerPoint do departamento de marketing da L’Oréal ponderando os prós e contras da inserção da linha no mercado brasileiro. Hahaha. Como abandonei o visual blonde, eu ainda não testei. Mas achei demais essa novidade chegar às prateleiras, porque ela nitidamente estimula um approach mais democrático ao ritual de beleza da brasileira. Em quase dois anos e meio da minha última participação, deu para aumentar o repertório de produtos – mas antes da lista, pode ser legal recapitular meu plano de ação para lidar com cabelos lisos e ligeiramente oleosos. A história toda se divide em algumas premissas: 1. Considerar a adstringência do xampú antes de lavar o cabelo e não usar condicionador em 99% das lavagens. Resultado: Fios mais leves. 2. Desembaraçar o cabelo com toda a paciência do mundo (das pontas em direção à raiz) com um pente de dentes largos. Resultado: Quanto menos o seu cabelo quebrar no processo de pentear, menos propensão ele tem para embaraçar. O trabalho vai ficando cada vez mais fácil ao longo dos meses, e sua dependência do condicionador cada vez menor. 3. Escolher um elemento volumizador (fluidos, cremes ou mousses) para aplicar nos cabelos antes de secar. Alguns são termoativados e outros funcionam melhor na secagem ao natural. Resultado: Quando o cabelo secar, os fios já têm uma disposição diferente seja para receber um babyliss ou simplesmente existir com mais bossa. 4. Decidir secar o cabelo com ou sem secador. 5. Aplicar produtos de modelagem / finalização (spray fixadores, pomadas, laquês, pós soltos, óleos). Resultado: Controle ou fixação mais intensa do resultado – depois do babyliss ou antes do coque. (Atenção: essa etapa é a que pode pesar mais já que é a última “camada” de produto!) Esses são os pilares básicos do ritual, mas não me obrigo a cumprir todas as etapas, claro, porque cada dia é um dia, com mais ou menos tempo, com mais ou menos demanda. E vamos às novidades que gostei de conhecer nos últimos tempos – mais ou menos pela ordem de categorias: cabelo fe grao 2 Fito shampoo Henna – Weleda Com extratos vegetais de henna e urtica, ele é indicado para cabelos com tendência à oleosidade. (Não, ele não tinge os fios!) Para mim, ele limpa na medida certa e é daqueles cosméticos mais saudáveis e naturais, sem adição de substâncias derivadas do petróleo, conservantes, aromatizantes e corantes. Não sou muito ortodoxa em relação a esse assunto, mas tenho me alinhado cada vez mais com a lógica de que a escolha dos cosméticos deve ser tão criteriosa como a da sua dieta. Por isso, vale xeretar toda a linha de beauté da Weleda. Shampoo Root Awakening Purify & Nourish – John Frieda Esse é outro xampú com adstringência equilibrada para o meu tipo de cabelo. Tem extrato de eucalipto que estimula, purifica e equilibra a raiz e deixa todo o conjunto mais cheio e leve. A John Frieda, aliás, desenvolveu toda essa mini linha “Root Awakening” com foco na saúde do couro cabeludo (seja para fios oleosos e também secos). Comprei o meu fora, mas sei que vende aqui em várias farmácias e também na Sephora do Brasil. Google it e compare os preços! ;) VolumeA Volumizing Conditioning Spray – Rene Furterer Dos produtos da categoria fluidos volumizadores, é um dos melhores que já usei. Meu modus operandi consiste em secar o cabelo com a toalha e aplicar nos fios ainda úmidos com maior ênfase do meio às pontas. A embalagem não diz que ele é termoativado, mas os melhores resultados para mim foram com a finalização do secador. Esse é um daqueles fluidos mais leves que dificilmente se erra na mão. A Rene Furter é uma marca francesa também com uma abordagem mais natural de tratamento com foco no couro cabeludo. Vale dar uma pesquisada porque a marca é bem ampla e cheia de tradição. Não vende no Brasil, mas é tem em qualquer farmácia francesa. Bamboo 48 hour Volume Spray – Alterna (esse foi um dos que você comprou para mim em Londres!) Esse spray volumizador termoativado vale ouro! É incrível! Nos fios levemente úmidos, com o cabelo repartido ao meio, aplico duas borrifadas de cada lado, depois secador, finalizo com a técnica do coque “sem-apertar-muito” e tcharam: look com ondas super natural, leve e zero grudento! No dia que usei, não teve quem não comentasse que meu cabelo estava diferente, com mais movimento. (Lá em cima tem a foto para ilustrar!) Fui pesquisar agora e descobri que esse é um dos produtos premiadíssimos da Alterna, marca até que recente que eu particularmente não conhecia.  É mais uma grife de beauté que levanta a bandeira produtos sem parabenos, sulfatos e outros aditivos potencialmente nocivos para a saúde. Tô louca para experimentar os outros produtos volumizadores dessa mesma linha e também da linha Caviar (hmm…). Já tem no Brasil, na Sephora. Surf Spray – Bumble and Bumble Um clássico e, atualmente, um dos que mais uso. Entra na categoria 3 do ritual – elemento volumizador pré-secagem – mas segundo o fabricante ele pode ser usado também no cabelo seco. A fixação dele é super equilibrada. Então é um produto sem erro, fácil de usar, funciona com ou sem secador e não exige a sobreposição de outros. O resultado (visual e de toque) é bem natural. É o meu coringa pra levar em viagens ou deixar na nécessarie da academia. Outra coisa que amo dele é o tipo de pump aplicador – lembra a força de um aerosol, mas não é. Então é um produto que rende horrores. Infelizmente, a Bumble and Bumble ainda não chegou ao Brasil, mas dá para achar no ebay ou encomendar para a BFF (kkk) Óleo de tratamento Awapuhi – Paul Mitchell Da última vez que escrevi para o DDB, os óleos de tratamento ainda não tinham acontecido no mercado de beauté. Eu entrei bem nessa onda. Tem épocas que o cabelo recente mais o não-uso do condicionador (seja porque passo 12 horas do dia debaixo do sol durante o verão ou porque enchi meu cabelo de babyliss e laque para ir numa festa). Umas gotinhas dele são um coringa tanto para ajudar desembaraçar o cabelo antes de secar ou para, depois do cabelo seco e pronto, dar um toque final caso a textura não esteja lá essas coisas. Testei vários, mas me apaixonei por esse da Paul Mitchell que tem uma pegada mais leve que outros. Então é mais compatível para a minha necessidade. Full Thickening Cream – Living Proof Esse produto foi um ensinamento da linda Johanna Birman (#cabelogato), uma vez que fiz uma matéria sobre os top produtos de beleza dela. Diferente da maioria dos produtos “etapa 3” em spray, esse é um creme pensado para tratar e encorpar fios super lisos e sem corpo antes de secar. A fórmula é poderosa (com uma molécula super tecnológica), mas é também levinha. Então não estamos falando de nenhum resultado drástico (o que muitas vezes é exatamente o que a gente precisa, um procedimento sem erro). A experiência de uso dele é super simples e ultra gratificante. O creme é super perfumado e deixa um “cheiro de banho delícia” nos fios, além de uma textura linda e natural ao toque. Esse é outro que não vende no Brasil. Comprei o meu na Space NK em Londres, mas sei que tem nas Sephoras gringas e também na Amazon. Shampoo Seco em pó Pronto – Oscar Blandi No post anterior, falamos sobre o xampú seco da Klorane em versão pó solto (uma espécie de talco), que descobri ser muito mais eficiente para o meu tipo de uso que os xampús secos em spray aerosol. É outro recurso coringão no ritual de beleza! Meu cabelo tem uma tendência maior à oleosidade e por isso os xampús em aerosol quase nem duravam de tanto que eu tinha que aplicar para resolver algum excesso ou simplesmente encorpar os fios depois de secos. Esse é um primo distante que descobri fuçando as prateleiras da Sephora na minha última viagem e tenho adorado. (Até onde sei, o Oscar Blandi foi um dos precursores da “ciência dos xampús secos”.) Divido o cabelo em mexas longitudinais e vou aplicando na região da raiz e espalhando / massageando com os dedos para não ficar esbranquiçado. Segundo o site da marca, os os amidos de arroz, aveia e tapioca (!) absorvem a oleosidade, enquanto o óleo de melaleuca trata o couro cabeludo. Vivo melhor com esse tipo de garantia. Como comentei a Oscar Blandi já está nas prateleiras da Sephora no Brasil, incluindo esse produto e também a linha de xampús secos para morenas. Se você tem fios mais escuros, vale a pena pesquisar! Spray Elnett Satin versão Flexible – L’Oréal Minha relação com laquê [nota da Vic: spray de fixação, para as mais jovens kkk] se define pela expressão: um mal necessário. Mas já que a tecnologia trabalha a nosso favor, existem produtos cada vez mais eficientes e menos grude desnecessário para a etapa 5. O Elnett Satin Flexible deposita micro partículas no fio, garantindo um resultado mais leve, mas não menos eficiente. Dá pra acertar melhor a medida. Outra facilidade: depois de seco, se você escovar o cabelo, ele praticamente desaparece porque desintegra as partículas do fio.” OBRIGADA Fe Grão! Amei demais as dicas, espero que vocês gostem meninas!

  • Minha tia, abençoada seja, trouxe dos EUA um shampoo e condicionador pra mim da Nioxin. Olha, está salvando o meu cabelo, viu? Ele parece um shampoo anti resíduos e o condicionador pode ser aplicado no couro cabeludo (e até deve, porque o shampoo seca bastante). Mas o meu cabelo de repente tem volume e parece cheio. Gente, tô muito feliz hahaha. Vale a pena testar também :)

  • Paloma

    Adorei o post! Tem como ver essa matéria dos produtos favoritos da Johanna Birman? Acho o cabelo dela maravilhoso! Aliás, ela é outra que poderia dar pinta aqui no blog pra falar sobre o cabelo hahah beijos!

  • Juliana

    Amey o post, muito interessante. Amo esse shampoo do John Frieda. Não sei se tem alguma coisa a ver, mas SEMPRE compro shampoos transparentes, acho que tanto os leitosos quanto os perolados deixam os cabelos mais oleosos e não limpam direito! Gostaria de fazer uma pergunta, mas fico até envergonhada. Eu lavo meus cabelos antes de dormir, seco e acabo por prender a franja (que não é tão curta), pois acho que, quando durmo, essa parte do cabelo encosta muito no rosto e deixa tudo uma lambança. Gostaria de saber se tu tens esse mesmo problema, se usa alguma coisa para evitar o contato do cabelo com o rosto na hora de dormir. Adorei suas dicas e realmente, poucas marcas se preocupam com os cabelos extremamente lisos!! beijos

  • Soninha

    amei !!!!!!!!!!!!!!!!!11
    post completíssimo. Parabéns Fê

  • Mayra

    Quero essa cor da foto n•1. AMEI! Qual é??

  • Camila

    Nossa, já o meu cabelo tem tanto, mas tanto volume que nem li o post, senão ele vai ficar armado só de ver os produtos haha

  • Meu cabelo é liso e fino, porém tenho MUITOS fios então ele não fica tão chapado. Mudo a risca de lugar frequentemente! kkkkkkk

    Os fios finos são extremamente frágeis, na primeira passada de mão eles arrebentam, não recomendo abrir mão do condicionador, porém buscar rotas alternativas. Estou diminuindo a oleosidade e a necessidade de condicionador fazendo o cronograma capilar (detalhes no blog, que está em construção). Estou sentindo os fios mais “encorpados”, mais hidratados e com a oleosidade reduzida, já que a fase de Nutrição repõe os lipídeos capilares e limpam o couro sem tirar os nutrientes. Estou usando produtos sem sulfato, parafinas, petrolatos e óleos minerais. Esses ingredientes, NUNCA MAIS!

    Manter os fios finos hidratados é uma das melhores alternativas para não embaraçar/quebrar o cabelo!

    Já esses volumizers, leave-ins, etc, não vou muito com a cara deles, principalmente os que são OLEOSOS, esses ai queimam o cabelo com o secador ou no sol (é sério gente, vivi isso), com exceção dos que são protetor solar :( Sou muito mais fazer penteados diferentes com tranças e coques do que ficar passando produtos que pesam, ou deixam o cabelo saturado com o passar do tempo e aumentam a frequência das lavagens. Estou seguindo essa linha menos pesada, selecionando melhor meus produtos, e mais natureba (adoraria ler seu post filosófico!) e estou sentindo a diferença. Meu cabelo nunca esteve tão bonito!

    aviatrixbettinix.blogspot.com.br

  • Vivian Penteado

    Vic e Fe, amei demais esse post! Me identifico muito com o seu caso, e tenho buscado novos produtos sempre! Estou louca para experimentar suas dicas. Sempre usei esse da John Frieda e, junto ao de Volume, é um dos meus preferidos da vida! Mas, recentemente, a L’Oreal lançou no Brasil um shampoo para cabelos naturalmente lisos da linha Elséve e me surpreendeu MUITO, deixa o cabelo leve, com um movimento legal, vale a compra!
    Volte mais constantemente para falar das novidades!!

    beijos!

  • Dan

    Amei!!!
    Meu cabelo é bem assim como o teu, até a cor. Sinceramente acho que é o cabelo mais legal que tem #modesta.
    Obrigada pelas dicas!

  • fab

    ai gente texto muiiito longo, dificil absorver.

  • Silvana

    Adorei as dicas, principalmente porque também tenho cabelos finos e sem volume. E o que é pior, tenho também pouco cabelo. Já que me deu tantas dicas vou te dar a minha principal, que tenho certeza, se você testar, irá colocar no seu próximo post. É um super produto, pra colocar no momento final, tenha feito chapinha, baby liss, secador, o que for (até nadas!). O produto é da bead head e se chama cocky. É p estilizar, sabe? Dá corpo ao cabelo e uma fixação maravilhosa e super natural. É uma bisnaga e o produto é uma pomada, que coloco um pingo na mão e espalho no cabelo, na direção do movimento que você deu ao penteado. Maravilha!

  • ana

    Vic , vc poderia fazer uma tv beaute com as suas amigas.Elas sao lindas e estilosas como vc!!!!!Fica a dica bjosss

  • Aninha

    Amei o post…
    Queria saber a opinião da Fê sobre a escova para desembaraçar os fios da Tangle Teezer, aquela cor-de-rosa, sabe qual?
    Meus cabelos também são super finos, lisos e tenho pouquíssimo cabelo. Queria comprar a escova, mas estou em dúvida.
    Beijo beijo…

    • Júlia

      Oi Aninha. Tenho cabelo liso e fino e tenho essa escova. Para o comprimento ela é ok, nada demais. Para o topo da cabeça ela é horrível, mesmo com meu cabelo ralo ela não “pega” e fica difícil desembaraçar. Resumo: se você for viajar e encontrar essa escova baratinha, compre para testar. Caso contrário não gaste seu rico dinheirinho aqui no Brasil. Bjo

      • Patricia

        Tambem tenho esta escova (ela tem em varias cores, não so rosa) e não gosto muito. uma dica e passar spray de desembaraçar na escova (faco nas minhas filhas). No entao, prefiro mil vezes a Wet Brush, que tem em um tamanho compacto (tenho para as minhas filhas) e maior (para mim). Amo.

        • Aninha

          Patricia, super obrigada pela dica!!! Vou tentar com spray para desembaraçar…
          Beijooos…

      • Aninha

        Júlia, super obrigada!! Vou guardar meu rico dinheiro mesmo então. hehe… ;-)
        Beijos…

    • Tary

      Aninha, minha experiência com a Tangle Teezer é diferente da das meninas. Eu gosto MUITO! O principal problema do meu cabelo é que ele embaraça demais. Essa é a unica escova que consigo usar. Também uso pente de dentes largos, mas acho a Tangle Teezer mais rápida para desembaraçar. Beijo

  • Tatiana Santos

    Shampoos Weleda podem ser ecologicamente corretos, mas são muito ruins! O cabelo fica péssimo, nem o condicionador Weleda dá jeito, e não ficamos com a sensação de cabelo limpinho. Não recomendo shampoo Weleda de jeito nenhum!

  • Vivian

    Gente, adorei ver um post pra cabelos lisos e finos!! Os meus são assim e parece que a gente reclama “de barriga cheia”, mas acho q esse tipo de cabelo tem alguns problemas sim, como foi bem destacado no post. Atualmente não consigo me acertar com um corte. Acho que geralmente repicam demais, e aí o cabelo “arrepia” (talvez por ser fino); li na internet algumas pessoas dizendo q pra esse tipo de cabelo é melhor deixar a base mais reta, e tentei fazer isso, mas agora ele está sem muito movimento… Se alguém tiver alguma dica para corte, seria muito bom também!

    • Ana

      Oi vivian, uma dica que eu dou é tentar o corte chanel ele combina com muita gente e apesar de parecer “certinho” dá pra fazer muita coisa legal com ele ^^
      boa sorte!

  • Ana

    Adorei o post, mas tenho uma dúvida: e pra hidratar? como você faz? usa só esses óleos de tratamento ou alguma máscara e quantas vezes na semana?
    obg :)

  • valeu a leitura